.

.

segunda-feira, 9 de junho de 2014


Dandelion fuzz

"Que nem todo silêncio seja solidão, nem toda ausência seja desamor. 

Nem toda despedida seja pra sempre, nem toda dor seja duradoura. 

Que nem toda lágrima seja tristeza, nem todas as 
distâncias sejam insuperáveis.

Nem toda crítica seja recalque, nem todo recalque seja profundo. 

Nem todo sono seja desânimo, nem todo desânimo seja descrença.

Que nem todos os erros sejam nossos, mas que tenhamos o direito de errar.

Que tenhamos amigos de coração e não somente de ostentação. 

Que tenhamos alegria verdadeira, de coração e de alma.

Que a vida continue juntando cada qual com seu qual, levando pra longe 
o que não nos completa. 

Que nem todo medo seja paralisante e nem toda dúvida seja um recuo. 

Que cresçamos com os dias, que nossa pipa tenha linha longa e 
a inveja esteja sem cerol.

Que nem toda má experiência vire amargura, nem todo tombo vire exemplo. 

Nem toda limitação seja cumprida, mas também nem todas as regras 
sejam quebradas.

Que o medo da solidão não seja desculpa, os tabus não sejam pretextos 
e os paradoxos não sejam eternos.

Que o dinheiro não compre tudo, não derrube máscaras e não dite as regras. 

Que nem toda mentira seja descoberta, nem toda traição seja revelada. Assim os hipócritas continuam confiantes. E é aí que eles caem."


(Jo Chimini)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vem cá, me dá um abraço?!?!?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...